Estamos finalmente conseguindo convencer as pessoas de que não é preciso ter medo de comer gordura. Gorduras são importantes, e muito. E sim, dietas com maior teor de gordura podem trazer mais benefícios quando comparadas às tradicionais dietas com pouca gordura, tanto no emagrecimento, como na saúde de uma forma geral.
O problema é que as informações acabam sendo deturpadas e as pessoas se esquecem que, para que esse aumento no consumo de gorduras seja benéfico, deve vir associado à REDUÇÃO no consumo de CARBOIDRATOS! Não adianta passar a comer mais ovos de manhã (boa fonte de gorduras), mas continuar comendo seu pão francês junto.
E mais. Não precisa ter medo de comer a gordura natural dos alimentos: gema de ovo, pele de frango, manteiga, carne gordurosa, castanhas… Mas também não precisa comer ovos com queijo e bacon fritos na manteiga + café com óleo de coco, tudo na mesma refeição. É preciso tomar cuidado com os excessos, que também podem ser prejudiciais.
Portanto, muito cuidado com informações difundidas de forma equivocada. O acompanhamento nutricional é fundamental para garantir o equilíbrio alimentar e a saúde!