O consumo diário de vinagre é bastante comum, normalmente com o intuito de perder peso ou trazer algum benefício para a saúde. Mas será que funciona?

O que os estudos mostram, principalmente com relação ao vinagre de maçã, é que seu consumo associado a refeições ajuda a reduzir o impacto na glicemia e causa menor elevação da insulina, hormônio responsável por manter o controle da glicemia.

O vinagre teria ação inibindo enzimas que digerem carboidratos. Com isso, menor quantidade do carboidrato ingerido seria absorvida, evitando uma elevação excessiva na glicemia.
Esse efeito é muito benéfico em diabéticos ou indivíduos com resistência a insulina, pois evita uma sobrecarga no organismo e melhora o controle glicêmico. Além disso, em indivíduos saudáveis, o consumo de vinagre pode ser igualmente benéfico, pois manter a glicemia sempre controlada é essencial para prevenir diversas doenças crônicas, e a insulina também atua estimulando o corpo a armazenar gordura e inibindo a sua quebra. Portanto, o vinagre pode sim ter um efeito na redução de peso corporal através do controle da insulina.

Além disso, alguns estudos sugerem que o consumo de vinagre junto com refeições aumenta a saciedade. Dessa forma, auxiliaria na redução do consumo energético diário, contribuindo para a perda de peso.

No mais, se o vinagre for orgânico e de qualidade, possui muitos compostos fenólicos e antioxidantes, que trazem benefícios à saúde, reduzem inflamação e previnem envelhecimento precoce, diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e obesidade. O consumo adequado desses compostos auxilia no controle de peso porque melhora o funcionamento do metabolismo de maneira geral.

Mas lembre-se: o consumo de vinagre não trará resultados satisfatórios se não estiver associado a um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e prática de atividade física regular.